Escrever nas redes sociais muitas vezes pode ser um desafio. Afinal, todo dia tem coisas novas para a gente descobrir e se adaptar. Saber definir o conteúdo exato para cada uma delas é criar grandes oportunidades de dialogar com seu público-alvo e atingir seus objetivos. Incorrer no erro de generalizar as mensagens é se contrapor a esta ideia gravemente. Pegando este ensejo, nosso desafio hoje é falar justamente como escrever para cada canal de acordo com as características deles. Lembrando sempre daquela máxima (e já clássica) que McLuhan dizia e que hoje faz todo sentido no universo digital: o meio é a mensagem, sim.

social-media-image

 

Pois bem, vamos a elas:

 

E-mail Marketing (a gente tem um texto bem legal sobre o tema, clique aqui): escrever para esse canal deve ser conciso, claro e com um texto de alto impacto. Call-to-action é mandatório: você tem que direcionar seu público para um objetivo. Imagens atrativas são o complemento fundamental para que este tipo de mídia tenha maior CTR.

 

Blog: contam histórias e emitem opiniões, pode-se escrever sem limites tão definidos (para os que encaram a escrita como uma forma de adrenalina, aí é um prato cheio) do que os outros canais. As possibilidades são múltiplas, pois escolher temas e falar sobre eles é mais fácil, além de serem ótimas ferramentas de engajamento, dependendo do segmento da sua marca. A liberdade para “linkar” para outros posts e fazer os usuários se interessarem mais pelo seu conteúdo pode ser considerado um ponto positivo.

 

Facebook: esse é um dos que mais sofrem mudanças, logo, estar ligado e atento a tudo que acontece nele e com sua concorrência é seminal. Os posts no Facebook devem ser curtos, compartilháveis, dialogáveis e orientados para ações junto aos usuários. Incluem também: perguntas, imagens (muito importantes, ainda mais com feeds sendo um espaço tão competitivo), vídeos (hoje, importantíssimos) e emoticons (porque essa é uma das tendências do momento para falar com seus usuários).

 

Instagram: o conteúdo aqui é a foto, então textos devem ser curtos e contextuais (a maioria dos usuários se preocupam mais com a imagem – essa é a grande verdade neste canal). Com uma particularidade importante: as hashtags e a semântica que elas representam na era digital. São localizáveis e altamente penetráveis junto ao público-alvo.

 

Twitter: a principal todo mundo já sabe, tem que caber tudo em 140 caracteres (para o temor dos redatores!). Deve ser amigável e pessoal. Hashtags também são importantes, bem como compartilhar links, @replies e shares.

 

Linkedin: aqui o foco é o network profissional, então quanto mais seu texto conseguir chegar próximo disso, melhor. Divulgar conquistas das empresas, novos funcionários etc são maneiras de diálogos dentro deste canal. Ser conciso é essencial, usar links e trabalhar informações compartilháveis para elas “correrem” pelos usuários, e tornar sua empresa/ou mesmo você mais conhecida dentro da rede social.

 

Aqui na Orange, nosso maior foco é mostrar para nossos clientes o que há de melhor dentro do universo digital e criar sempre as melhores estratégias e criações. Veja nossos trabalhos na área: http://orangeag.com.br/trabalhos/

Orange Design
Postado por

A Orange é uma combinação de estratégia interdisciplinar, criativa, design, marketing digital, tecnologia, desenvolvimento de produtos e backgrounds de negócios. Nossa missão é solucionar problemas e criar oportunidades únicas e criativas.

Mais postagens